Seguro Desemprego 2020: Quem Tem Direito, Como Solicitar

Após a reforma da Previdência, muitas pessoas estão preocupadas com as questões ligadas aos direitos trabalhistas, incluindo o Seguro Desemprego 2020. Este que é uma das principais leis de proteção ao trabalhador, já sofreu várias alterações ao longo dos nãos, por isso, as pessoas sempre ficam tentas para notícias relacionadas as regras do Seguro Desemprego 2020.

Seguro Desemprego 2020

Seguro Desemprego 2020

Portanto, continue nos acompanhando para saber mais detalhes sobre as atualizações do Seguro Desemprego!

Seguro Desemprego 2020

Criado pelo Governo Federal, está é uma das mais importantes leis que presam pelo trabalhador brasileiro. Em detrimento desta lei, todo trabalhador que for demitido sem justa causa, receberá o pagamento de parcelas do INSS 2020.

Porém, as regras do Seguro Desemprego 2020 já foram alteradas várias vezes. Assim, alterando quem poderá receber, quanto o trabalhador receberá e até mesmo o número de pagamentos.

✓ Confira como emitir o seu Cartão SUS 2020 online

Por isso, é recomendado que os trabalhadores fiquem sempre atentos para as atualizações deste benefício. Afinal, é ele que garantirá o pagamento de um auxílio em caso de demissão de forma injusta pelo empregador.


Quem pode receber o Seguro Desemprego 2020  

Assim como afirmado no tópico acima, todo brasileiro tem direito a receber as parcelas de pagamento do Seguro Desemprego 2020. Porém, é preciso passar por uma série de exigências para determinar quem realmente poderá fazer uso desse direito.

Nem todas as pessoas podem dar entrada na Previdência Social 2020 para solicitar o Seguro Desemprego 2020. Para isso, é preciso se encaixar nas regras deste auxílio.

✓ Veja como consultar o Extrato FGTS 2020

Desse modo, veja logo abaixo todas as regras para poder dar entrada no seu Seguro Desemprego 2020:

  • Poderá recebe o auxílio o trabalhador com carteira profissional assinada, do qual foi demitido pelo empregador sem justa causa. Inclusive, por dispensa indireta;
  • Este direito também dá assistências aos trabalhadores formais que tiveram o seu contrato de trabalho suspenso por estar com participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo próprio empregador;
  • Aqueles que estiverem registrados como pescadores profissionais durante o período do defeso, também podem dar entrada no INSS para emissão do Seguro Desemprego;
  • Por fim, todo o cidadão brasileiro que foi resgatado de condição semelhante à escravidão, também possui o direito a receber todas as parcelas do Seguro Desemprego.

Seguro Desemprego 2020

Desse modo, e você se encaixa nas regras acima destacadas, você pode solicitar pelo pagamento das parcelas Seguro Desemprego 2020. Para isso, basta fazer um agendamento online.


Como solicitar e agendar o Seguro Desemprego 2020

Após você ser demitido de seu emprego de forma injusta, ou estar qualificado em um dos pontos abordados no tópico acima, você poderá dar entrada em seu benefício.

Porém, existe um tempo mínimo e máximo do qual você poderá fazer o comunicado para a Previdência Social 2020. Esse tempo, é de no mínimo 7 dias corridos após a demissão, até 120 dias corrido para trabalhadores formais.

Mas para as empregadas domésticas, o período de solicitação muda. Dessa maneira, o tempo passa a ser de no mínimo 7 dias e de no máximo 90 dias corridos para solicitar o benefício e entregar os documentos necessários.

Para fazer a solicitação, primeiro é necessário fazer um agendamento online. Confira o passo a passo abaixo e saiba como realiza esse processo:

  • Primeiramente, acesse o site do SAA, ou clique neste link para ser redirecionado até a página;

Seguro Desemprego 2020

  • Em seguida, selecione todos as opções referentes ao local onde você mora, como cidade e estado;
  • Depois, escolha entre as opções de atendimento a opção “Seguro Desemprego”;
  • Digite o código de segurança no local designado e clique em prosseguir;
  • Por fim, você deverá escolher um dos postos de atendimento do INSS. Além de ter de escolher uma data e hora para o seu atendimento presencial.

Pronto, após realizar esse procedimento, basta ir até o local na data e hora marcados. Lembre-se de levar consigo todos os documentos necessário para realizar a entrada no benefício.

Documentos de entrada

Ao ir até o atendimento presencial, é preciso ter em mãos alguns documentos importantes para realizar a solicitação deste benefício.

Desse modo, confira abaixo quais documentos levar consigo:

  • CPF e RG;
  • Carteira Profissional;
  • Cartão do PIS/PASEP;
  • Documentos de levantamento dos depósitos no FGTS ou extrato que comprovem os seus depósitos;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho​ com o código 01 ou 03 ou 88 homologado, para os trabalhadores que tiverem mais de um ano de trabalho. Ou, para os trabalhadores com menos de 1 ano de serviço, é preciso apresentar o Termo de Quitação de Rescisão do Contrato de Trabalho;
  • Comunicação de Dispensa impresso pelo Empregador Web no Portal Mais Emprego / Requerimento de Seguro Desemprego;
  • Cartão Cidadão, caso exista.  

ADICIONAR COMENTÁRIO